terça-feira, 14 de novembro de 2017

Literatura (é) a Cura

Acabo de ler o livro: A Voz do Alemão de Sabrina Abreu e Renê Silva (NVersos - 200 páginas), sobre a vida de Renê Silva, que ficou conhecido como o Twitteiro do Alemão, quando (jovem), narrou de dentro do Complexo do Alemão (Morro do Adeus) à invasão das forças policiais ao Alemão, que ficou conhecido pela cena dos bandidos em fuga, exibido ao vivo pela TV.
A história de Renê Silva é fantástica, um menino que desde os 11 anos já mostrava que era especial.
Mostra a importância de um menino da favela ter estrutura familiar. Mostra que se pode sonhar além do que se espera de nós.
Fiquei hospedado na CASA RIO, na minha passagem pela FLUP VIDIGAL, nos 4 dias de cidade maravilhosa, aproveitei o livro que estava na biblioteca da casa e li, aproveito que voltei a ler, tinha lido 21 livros em 2017 e parado, pra retomar a leitura (trouxe uns 10 livros do RIO, da FEIRA Literária), comprei 2 novos, um do Cacá Diegues e o do Lázaro Ramos que já comecei a ler. Além de uma fila de espera que tem em casa.
É isso, salve Renê Silva que tive o prazer de rever na FLUP, enquanto lia seu livro.
Alessandro Buzo





Renê Silva e Buzo

***

LIVROS QUE O ESCRITOR "ALESSANDRO BUZO" LEU EM 2017.

(01) - FAVELA - Pra Quem viveu e viu de Alexandre Peppe (Giostri Editora - 192 páginas)
(02) - Esses Poetas - Uma Antologia dos Anos 90 de Heloisa Buarque de Hollanda. (Aeroplano - 320 páginas).
(03) - VIRTUOSE - Romance e Simpósio Textual Sobre a Redução da Maioridade Penal de Alba Atróz (Clube dos Autores - 266 páginas)
(04) - Na Década de Dez - Vol II de Augusto Cerqueira (Editora FiloCzar - 44 páginas)
(05) - Terra de Gente de Rás Sidmar (Editora APMC - 80 páginas)
(06) - Thaíde - 30 Anos Mandando a Letra, org. Gilberto Yoshinaga (Novo Século - 160 páginas)
(07) - CAROLINA de Sirlene Barbosa e João Pinheiro (Veneta - 128 páginas)
(08) - DesÓdio de Vagnerd Fernandes (Chiado Editora - 178 páginas)
(09) - ENTULHOS de Adriano de Almeida (Patuá Editora - 104 páginas)
(10) - Eu Sou Periferia de Michel Leite Viana (ICP - 104 páginas)
(11) - Isabela Não Me Convidou de Alexandre Peppe (Giostri Editora - 176 páginas)
(12) - O Filho da Empregada de Alessandro Buzo (Edicon - 120 páginas)
(13) - Santa Cruz - Uma favela no coração da capital da tecnologia de JB Magalhães (Scortecci - 112 páginas)
(14) - Poesia na Faixa - Antologia (Poetas do Tietê - 84 páginas)
(15) - Um Abrigo contra a Tempestade do Fuzzil (Academia Periférica de Letras - 68 páginas)
(16) - DEZ LUAS de Carolina Peixoto (20 páginas)
(17) - A Menina Que Não Gostava de Dormir de Tomás Whitaker Guidotti (infantil - 14 páginas), ilustrações Gianpaola W. Guidotti e Luiza Whitaker
(18) - Eu Sei Que Vou Te Amar de Arnaldo Jabor (Objetiva - 136 páginas)
(19) - Pensar e Viajar do Du Mc (Conecta Brasil - 48 páginas)
(20) - Construir, Ruir de Paulo D´Auria (Edições do Tietê - 190 páginas)
(21) - Histórias Narradas Por Apenas Seis Palavras de Hans Freudenthal (Edicon - 128 páginas)
(22) - A Voz do Alemão de Sabrina Abreu e Renê Silva (NVersos - 200 páginas)

***
Agora vou ler:

Já estamos em São Paulo.

14 de novembro de 2017



***
Chegamos bem à SP, depois de 4 dias incríveis no Rio de Janeiro, que renovaram minha alegria de trabalhar com cultura, que massagearam meu ego e me fizeram focar em projetos novos e manter do atual só o melhor, tudo isso nasceu de conversas com pessoas como Ecio Salles , Julio Ludemir, Felipe Paiva, Geovani Martins, Manoel Soares entre outros.
Agradecer a FLUP pela atenção e respeito ao meu trabalho, além do Prêmio Carolina de Jesus, honrado em ter sido um dos 5 contemplados.
Enfim, de volta à SP, agora partindo pro Litoral Norte, vida que segue,
Alessandro Buzo & Família Suburbano Convicto.







www.agendabuzo.blogspot.com

segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Alessandro Buzo ganha o Prêmio Carolina de Jesus na Flup




Dediquei o prêmio a minha esposa e filho, razão de toda luta





E os premiados são.... Alessandro Buzo, Guti Fraga e Geovani Martins.
Ganhou dois dias antes, Paulo Lins e hoje completa o time de 5 premiados, Elisa Lucinda.

***
Fotos: Marilda Borges
***

Ontem (13 de novembro de 2017) na FLUP - Festa Literária das Periferias, na sede da Ong Horizonte no Morro do Vidigal, Rio de Janeiro, recebi o Prêmio Carolina de Jesus, dado a pessoas que tiveram sua vida transformada pela literatura.
O troféu além de lindo, traz o nome e a imagem da mãe da Literatura Marginal, Carolina Maria de Jesus, uma honra.
Agradecer a FLUP, ao Écio Salles e ao Julio Ludemir, pelo carinho e respeito ao meu trabalho.
Foi muita emoção pra mim, que tive um ano difícil, cheio de turbulências e dificuldades, mas que sobrevivi, graças as pessoas que me dão força e motivo pra lutar, minha esposa Marilda Borges e meu filho Evandro, dediquei a eles o prêmio, satisfação ter eles na minha vida e vivendo esse momento junto comigo.
Dedico ainda a minha mãe Luzia Buzo (in memoriam), quando me apresentou a literatura, ela estava salvando a minha vida.
Já recebi algum prêmios, mas pelo momento que vivo, de incertezas, foi sem dúvida um dos momentos mais emocionantes da minha carreira.
A gente não faz literatura pra ganhar prêmio, mas o reconhecimento é muito bom.
Vou guardar esse dia no meu coração.
Os premiados com o Troféu Carolina de Jesus 2017 são: Alessandro Buzo (escritor e cineasta), Paulo Lins (escritor), Guti Fraga (agitador cultural do Nós do Morro), Geovani Martins (escritor) e Elisa Lucinda (escritora e cantora), essa última a única que não recebeu ainda, vai ser hoje, Paulo Lins (livro: Cidade de Deus) recebeu 2 dias antes e ontem foi eu, Guti e Geovani.
Obrigado meu Deus pela disposição de correr atrás, pela saúde e pela minha família.
Renovado pra novas lutas, desafios e conquistas.
Alessandro Buzo
escritor e cineasta

***






Buzo com a amiga Sandrine da produção da Flup



Recebendo o prêmio, na foto com Julio Ludemir e Écio Salles









*******

Abaixo outros dois premiados, Geovani Martins e Guti Fraga.



Geovani Martins



Geovani Martins recebendo o Prêmio



Guti Fraga



Guti Fraga recebendo o Prêmio

Rolê com meu mano Geovani Martins na Favela da Rocinha



Alessandro Buzo, Geovani Martins, Evandro e Marilda Borges





Uma gelada na Rocinha antes de partir pra Flup



Ontem (13 de novembro de 2017) fomos a convite do escritor Geonavi Martins até a Favela da Rocinha onde ele mora, demos um rolê na favela, fomos até a sua casa, jogamos até um X Box.
A Rocinha é um mundo lá dentro, eu que já fui nas maiores favelas de SP e conheço algumas no RIO (como Vigário Geral, CDD, Prazeres), nunca vi nada igual, primeiro que na entrada é incrível a quantidade de comércio de todo tipo, de bares a lojas, academia e tudo que você possa imaginar, muito mesmo.
Tem também na entrada, muita gente, centenas, milhares de pessoas indo pra todos os lados.
Quando você sai do fervo e entra nos becos, muito apertado, é fio pra todo lado, muito fio, uma quantidade difícil de descrever, além de canos onde passa a água.
Chegando na casa do Geovani, uma vista incrível da maior favela do Brasil.
Impressiona até eu que tanto já andei em favela.
Agradecer o amigo pelo convite e pelo rolê, breve voltaremos.
Família Suburbano Convicto
Alessandro Buzo, Marilda Borges e Evandro Borges
























Flup - Quarto dia



O quarto dia da FLUP (segunda-feira, 13 de novembro de 2017) foi intenso pra mim, mais uma vez muita gente boa reunida.
Antes da Festa Literária, dei um rolê na Favela da Rocinha, comento noutra postagem.
Ganhei o Prêmio Carolina de Jesus, também comento noutra postagem.
Se liga nas outras fotos desse quarto dia, meu último infelizmente, hoje (terça, 14 novembro) volto pra São Paulo, renovado, me sentindo reconhecido como escritor.
Valeu Julio Ludemir e Écio Salles, vocês são muito generosos.
Obrigado FLUP, foi inesquecível.
Alessandro Buzo



















FLUP - Terceiro dia teve + Rio Poetry Slam e muito mais.



Guti Fraga, Buzo e Evandro



Roberta Estrela D´Alva e Marilda.

***


Fotos: Marilda Borges e Evandro Borges.
***
Mano, difícil passar pro texto tudo que vimos e vivemos ontem (12 novembro 2017) no terceiro dia da FLUP, a Festa Literária das Periferias.
Na primeira parte do evento, teve debates e Slam, mais tarde, já no Casarão do Nós do Morro, mais Slam.
Muita gente bacana, artistas monstro e poesia.
Da minha parte sem palavras pra descrever tanto carinho e atenção ao meu trabalho, a minha pessoa e minha família. Depois de três dias percebo que tudo que fiz nos meus 17 anos de carreira não foram em vão.
O Rio de Janeiro sempre me recebe bem, mas não precisa exagerar, tô sem palavras pra agradecer tudo e todos.
Quanto a FLUP no Morro do Vidigal, que evento sensacional, essa é a palavra, sensacional.
Artistas e poetas do mundo todo e não é num pico de boy (nada contra), mas é "dentro" de uma comunidade, no caso o Morro do Vidigal.
Foda a mesa do Manoel Soares e Djamila Ribeiro, aula de negritude.
22h teve SLAM BNDES no Casarão do Nós do Morro, falar o que do Guti Fraga, que cara formidável, atencioso comigo e referência pra mim culturalmente falando.
Trombar na "favela" atores consagrados e crias do Nós do Morro como Jonathan Haagensen e Babu Santana, quantos e quantos outros não teriam se o gueto tivesse mais oportunidades.
Cineastas como o Vavá Novais e Luciana Bezerra (ambos diretores do filme 5 X Favela), que me inspiram no cinema.
Que dia, é muita emoção e alegria pra um só dia.
E o melhor, hoje tem muito mais. Isso é FLUP.
Alessandro Buzo





Renê Silva e Buzo



Buzo, Queen Odara e esposo dela



Jovens do Nós do Morro





Guti Fraga, Buzo e Evandro



Buzo na missão





Buzo e o cineasta Vavá Novais



Buzo, Numa Ciro e Marida Borges



Buzo, Fernanda e amigo



Queen Odara, amizade desde os tempos de Hutúz



Vista do Morro do Vidigal







Buzo e Brown



Buzo e o ator Jonathan Haagensen



Buzo e WJ que ficou em primeiro lugar na série de ontem do SLAM BNDES no Casarão Nós do Morro, pela Flup



Evandro Borges e o ator Jonathan Haagensen



Buzo, o ator Babu Santana e Evandro Borges, atrás zuando, Guti Fraga (Nós do Morro)







Buzo e a cineasta Luciana Bezerra, um dos diretores do filme 5 X Favela



Buzo e Emerson Alcalde




www.agendabuzo.blogspot.com